titulo-gratuidades2divider-down (1)

Urbanos:

  • Maiores de 65 anos, mediante apresentação de documento que comprove a idade  (Constituição Federal de 1988, art. 230, §2o ) ;
  • Agentes de Inspeção do Trabalho do Estado do Ceará, mediante apresentação da carteira  de identidade fiscal (CLT, art. 630, §5o ) ;
  • Oficiais da Justiça Federal, da Seção Judiciária do Ceará, mediante apresentação da carteira  de identificação (Lei Federal  No  . 5010/66, Art. 43);
  • Carteiros devidamente fardados (Lei Municipal  No. 6.570/89, Art 1o);
  • Policiais militares, bombeiros militares e policiais civis, mediante apresentação de identidade funcional, salvo se estiverem fardados (Lei Municipal  No. 7.602/94, Art 1o);
  • Integrantes da guarda municipal de Fortaleza, quando estiverem a serviço da municipalidade, devidamente uniformizados (Lei Complementar Municipal No. 0017/04, Art. 19, caput e parágrafo único);
  • Crianças de até 1,10m (Lei Municipal No. 7.163, Art. 66, com redação dada pela Lei Municipal  No.  8.307/99);
  • Deficientes contemplados pela Lei Complementar Municipal  No. 57/2008, mediante apresentação do Cartão da Gratuidade.
  • Acompanhante do deficiente com evidente dificuldade de locomoção, restrição severa de mobilidade, deficiência física, mental ou múltipla, que após acomodá-lo em assento preferencial, deverá registrar as passagens no validador do veículo mediante a apresentação do Cartão Gratuidade que permitir acompanhante (Decreto Municipal  No. 12.540, de 23 de maio de 2009, art. 26,  §2o   §4o ) ;
  • Empregados de empresas de transportes de passageiros, mediante a apresentação do crachá operacional ao motorista.
  • Auxiliares de Operação e Pesquisadores empregados do Sindiônibus, mediante a apresentação do crachá operacional ao cobrador.

Metropolitanos:

  • Policial militar, quando fardado e mediante apresentação da identidade funcional;
  • Policiais rodoviários federais fardados;
  • Policial civil, mediante apresentação da identidade funcional;
  • Agente de fiscalização do DERT e da ARCE, quando em serviço (Art. 83, do decreto estadual n.º 6.103/01);
  • Agentes de inspeção do trabalho do Estado do Ceará, com identidade fiscal (CLT, Art. 630, §5º);
  • Empregados das empresas de transporte de passageiros, com crachá e selo do mês fornecidos pelo sindiônibus (convenção coletiva de trabalho).
  • Pessoas maiores de 65 anos (Instrução normativa No. 001/82 – Legislação Estadual);
  • Oficiais da justiça federal, da seção judiciária do ceará, com carteira de identificação (lei federal nº 5010/66, Art. 43).
  • Pessoas impossibilitadas de passar pela catraca, mediante pagamento ao cobrador da tarifa vigente.